Como desenvolver um cronograma de atividades para implantar o planejamento estratégico de negócios?



A pessoa que pretende assumir a roupagem de empreendedor deve, antes de qualquer coisa, acreditar 100% na sua ideia, que será transformada em negócio, existirão tentações ao longo do percurso que colocarão à prova suas verdadeiras virtudes e fraquezas.

O empreendedor, é ao mesmo tempo, o diretor financeiro e o operacional.

Afinal, um grande empresário(a) além de dominar o serviço ou sobre o nicho também precisa ser criativo e inovador. Somente assim, será reconhecido e admirado pela concorrência e principalmente, pelo público.

Para compor a estratégia, abaixo os passos para ajudarem o empreendedor(a) na implantação de um Planejamento Estratégico de Negócios:

1. Definir o objetivo e o foco da empresa.

2. Descrever a ideia, através dos produtos e serviços a serem oferecidos ao

mercado.

3. Apresentar o diferencial competitivo.

4. Descrever os pontos fracos e fortes, seus e dos concorrentes.

5. Apresentar o segmento de mercado pretendido.

6. Descrever as informações gerais sobre os fornecedores e concorrentes.

7. Descrever a cadeia de suprimentos da futura empresa.

8. Apresentar os requisitos técnicos para os gestores e empregados.

9. Apresentar a análise de viabilidade financeira.

10. Descrever a origem (fontes) e destino (usos) dos recursos financeiros do

empreendimento.

11. Apresentar o demonstrativo de resultados contendo a lucratividade e a

rentabilidade do negócio, e ainda, o prazo de retorno esperado.

12. Apresentar o fluxo de caixa do empreendimento para no mínimo 3 anos.


O planejamento estratégico funciona como um guia para os negócios. Esse sistema ajuda a definir objetivos e, com base neles, determinar um caminho rumo ao sucesso. Parece bom, né? E o melhor é que qualquer empresa pode se beneficiar, independentemente do segmento e porte.


Bons negócios!