Deixe a resposta para o dia seguinte

Você tem o perfil de se posicionar o quanto antes ou é do tipo que prefere amadurecer a ideia?

Amo o novo! Novos planos me motivam e movem. Dificilmente você vai falar que teve uma ideia que me envolve ou não, que eu não vá me interessar em ouvir antes de te passar qualquer feedback (invejosos dirão que isso é pura curiosidade, rs).


A meu ver, tenho muitos motivos para querer ouvir sobre o projeto ou ideia do outro, raciocinar sobre, antes mesmo de qualquer posicionamento, seja negar por julgar que não terei tempo, habilidade, interesse, ou até mesmo, aceitar! Por que acho isso? Vou listar alguns motivadores na sequência.


E se não me interessar?

Ok, neste caso procuro ser clara e dizer que não é o meu momento, deixar o outro no banho maria também não é justo, rs. Antes faço uma análise, mesmo que breve, será mesmo inútil ou impossível?

E se através daquela oportunidade eu conseguisse ajudar alguém próximo a mim que estava buscando por uma chance? Uma das melhores perguntas que pode se fazer é "E se?". Muitas vezes vai além de você ;)


Sim, alguns me dizem “Juliana, me diz alguém que você NÃO conhece?”, brincadeiras a parte, posso só responder que amo o networking e o que ele me proporciona, e só descobri isso de 5 anos para cá, quando ingressei em um projeto (em paralelo ao meu emprego como designer de interiores), que me deixou ainda mais com as antenas bem ligadas para toda e qualquer oportunidade de relacionamento, e quer saber do mais? Hoje esses contatos valem ouro. Por quê? Vários motivos:


  • Amo conhecer as histórias das pessoas, as utilizo como inspiração para conquistar o que desejo mas também como fontes para gerar conexões, rapport pode ser uma ferramenta decisiva em uma negociação;


  • Ser lembrada e útil da melhor forma possível é uma conquista pra mim, afinal de contas, qual legado queremos construir?


  • Me lembro, com muita facilidade, das pessoas que conheci e me relacionei, e uso isso a meu favor a cada projeto que ingresso ou que já esteja envolvida. Quando voltamos o nosso olhar para o outro, ficamos presentes. Saber da necessidade do outro, contribui na defesa da sua ideia e das parcerias que pretende firmar;


  • Ouvir que fiz a diferença na vida daquela pessoa, com uma informação muitas vezes trivial para mim, mas que para ela foi um potencializador, é um combustível para eu continuar a minha jornada. O feedback, seja ele positivo ou negativo, é fundamental para o meu alinhamento de velas;


  • Seguindo a antiga máxima “é dando que se recebe”, eu confio muito nela, por mais que seja antigo e até mesmo um clichê, em tempos de mídias sociais...influenciadores digitais, a lei da reciprocidade se mantém mais presente do que nunca.


Poderia listar inúmeros benefícios aqui, mas quero partir logo para a moral da história: pré julgar para mim é um tiro no pé, fechar portas então…nem se fala!

Hoje você pode estar vivendo a sua vida com o cargo XYZ, mas o amanhã é cada vez mais incerto, uma das fontes mais valiosas que pode fazer uso, são as conexões que a vida pode te proporcionar.

Se uma proposta te agradou, ótimo! Se não te agradou em um primeiro instante, melhor ainda. Absorva, entenda como (e se) pode ser útil, para você ou para um cliente seu, entenda qual a melhor forma de posicionamento e busque manter laços com essa pessoa de alguma forma, hoje ela está interessada em você, amanhã você pode ser beneficiado por ela.


Obs. importante: fortaleça seus laços de forma autêntica e genuína, jamais por interesse, as pessoas sentem mais do que imagina. A sua intenção sempre vai falar mais alto do que cada palavra que sai da sua boca!


Ficou até aqui comigo? Já te amo por isso!


Vamos nos conectar? Mande um alô!






















#networking #network #relacionamento #rapport #ferramentas #oportunidades #reflexao #amadurecimento #pensamento #historias #storytelling #lacos #elos #contatos #conexao #conectar #autenticidade #empatia #personalidade